Perâmbulo do Barro

" O Matudo é astucioso e tem uma imaginação fértil para criar. Usa o barro para fazer algo que lhe proporcione prazer, beleza e arte..."

O Maturo é artista, a imaginação é um anseio da alma. O barro é m material precioso que com sua gentil maleabilidade deixa o artista se servir da expressão da arte que surge.

Meu anseio da alma, externar e tornar palpável e vestir-se de uma arte escultórica.

O barro tem uma complexa composição química que deriva de cada região ou camada do solo. Mas na essência é puramente a unidade dos quatro elementos fundamentais: Terra, Água, Ar e Fogo. Assim surge o material, para mim precioso.

O artista tem astúcia, gana, sutileza e força, mas a junção dele e do barro só surge pela delicadeza do manuseio.

O que é rígido, torna-se fluído pela água. O ar seca a terra. O que é frágil, torna-se sólido pelo fogo.

As mãos moldam o que a alma suspira e nasce a arte. Há uma cumplicidade entre o barro e o artista.

Vestir-se de arte, pequenas esculturas desfilam pelo cenário urbano, em festas e fotos...

A joia esculpida reflete o prazer, beleza e arte.